Congresso Norte-Nordeste de Clínica Médica e Medicina de Urgência e Emergência

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

PREVALENCIA DE DIABETES MELLITUS TIPO 2 ANTES E APOS CIRURGIA BARIATRICA EM PACIENTES OBESOS SUBMETIDOS A CIRURGIA BARIATRICA

Fundamentação/Introdução

O diabetes mellitus tipo 2 (DM2) é uma das maiores causas de morte no mundo devido à sua relação direta com as doenças cardiovasculares, cerebrovasculares e insuficiência renal. Apesar do uso de várias classes de medicamentos orais e das insulinas na terapia do DM2, muitos pacientes não alcançam as metas terapêuticas. A cirurgia metabólica para remissão da hiperglicemia e de outras comorbidades associadas é uma opção terapêutica efetiva para os casos refratários.

Objetivos

Avaliar a prevalência de DM2 no pré e pós operatório de pacientes obesos submetidos à cirurgia bariátrica, de acordo com o tipo de cirurgia realizada (Sleeve vs. bypass gástrico em Y de Roux – BGYR).

Delineamento e Métodos

Trata-se de uma coorte retrospectiva envolvendo pacientes submetidos à cirurgia bariátrica entre 2003 e 2018. Os pacientes foram avaliados quanto à presença ou não de DM2 de acordo com os critérios da Sociedade Brasileira de Diabetes (Glicemia de jejum ≥ 126 mg/dL, 2 horas no TOTG ≥ 200 mg/dL ou HbA1c ≥ 6,5%), de acordo com a técnica cirúrgica realizada (Sleeve e o BGYR). As variáveis foram analisadas através do software SPSS, versão 21.0., com cálculo das taxas de prevalência e do teste qui-quadrado para as associações.

Resultados

O estudo incluiu 95 pacientes (92,6% feminino), com idade média de 42,8 anos +-7,3. A presença de DM2 não diferiu entre os grupos cirúrgicos antes (9,5% vs. 11,5%) ou após (3,2% vs. 2,1%) a cirurgia bariátrica. Considerando a frequência de DM2 em todos os pacientes de ambos os grupos, no período de seguimento estudado, observamos uma redução na prevalência de DM2 de 21,1% antes da cirurgia para 5,3% após a cirurgia.

Conclusões/Considerações finais

O presente estudo corrobora com a indicação atual de cirurgia metabólica como opção terapêutica efetiva no tratamento do DM2. Nós não encontramos diferença significativa na taxa de remissão do DM2 entre os dois principais tipos de cirurgia bariátrica (sleeve vs BGRY) atualmente realizadas em todo o mundo.

Palavras-chave

Cirurgia Bariátrica. Diabetes Mellitus. Remissão.

Área

Endocrinologia

Instituições

Universidade Federal da Paraíba - Paraíba - Brasil

Autores

GABRIELLY DE OLIVEIRA VIANA, ARTHUR GOMES CAVALCANTE, MARILIA MOREIRA SALES, IGOR ROSEMBERGH NOBREGA MEDEIROS, MARIANA BRAGA LACERDA, NARRIANE CHAVES PEREIRA DE HOLANDA