Congresso Norte-Nordeste de Clínica Médica e Medicina de Urgência e Emergência

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

A INCIDENCIA DA DOENÇA CORONARIANA RELACIONADA A PURPURA TROMBOCITOPENICA TROMBOTICA E A DOSAGEM DA ADAMTS13: REVISAO SISTEMATICA.

Fundamentação/Introdução

Introdução/Fundamentos: A púrpura trombocitopênica trombótica (PTT) é caracterizada pela trombocitopenia e hemólise microangiopática, sendo evidenciada presença de esquizócitos no esfregaço sanguíneo. A ausência da protease ADAMTS13 permite uma predisposição a agregação plaquetária e a trombose devido ao Fator de von Willebrand não clivado. Dessa forma, o quadro clínico é amplo, podendo apresentar complicações no sistema cardiovascular, a exemplo de doenças coronarianas.

Objetivos

Objetivos: Determinar a incidência de eventos coronarianos relacionados à redução da atividade da ADAMTS13 e à PTT.

Delineamento e Métodos

Delineamento e Métodos: Trata-se de uma revisão sistemática de cunho descritivo e quantitativo realizada entre os meses de março e julho de 2020. A base de dados bibliográficos é advinda do PebMed, Scielo, Medscape e ScienceDirect, considerando amostragem das pesquisas, data de publicação e o Qualis Periódicos.

Resultados

Resultados: A pesquisa apresentou uma amostragem de 5.918 pacientes que possuíam mais de 55 anos de idade, sem história prévia de eventos coronarianos ou outras comorbidades prévias, buscando ainda correlacionar as alterações na concentração da ADAMTS13 com o surgimento dos eventos cardíacos nesses pacientes. Dessa amostragem, cerca de 7,5% dos pacientes apresentaram algum evento coronariano e metade desse grupo evoluiu para a morte, sendo que cerca de 60,1% era do sexo feminino e apresentaram uma ADAMST13 com atividade considerada como moderada. Quando se analisou especificamente os níveis de ADAMTS13, aqueles pacientes que apresentavam a enzima com atividade mais reduzida, demonstraram risco de 48% para evolução para eventos cardiovasculares. Analisou-se ainda que quanto menor fosse a sua atividade, maiores os riscos dos eventos coronarianos, mesmo que os níveis não fossem compatíveis com o quadro de PTT.

Conclusões/Considerações finais

Conclusões/Considerações Finais: Logo, é notório que os eventos coronarianos apresentam maior incidência diante da redução da atividade da ADAMST13, sendo mais prevalente no sexo feminino. Contudo, deve ser levado em consideração o fato de que mesmo que os níveis da ADASMT13 não se enquadrem nos parâmetros diagnósticos da PTT, o risco é mantido como elevado. Portanto, destaca-se a importância da monitorização desses parâmetros, assim como da realização de mais estudos na área visando redução da morbimortalidade relacionadas às complicações da PTT.

Palavras-chave

Palavras-chave: Epidemiologia; Hematologia; Púrpura trombocitopênica trombótica; Cardiologia.

Área

Hematologia

Instituições

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE JOÃO PESSOA - UNIPÊ - Paraíba - Brasil

Autores

MARINA GOMES VANDERLEI, MATEUS RIBEIRO FERNANDES TEIXEIRA, ANA LUIZA JÁCOME FRANCA CAMPOS, FELIPPE GABRIEL FIGUEIREDO DA ROCHA