Congresso Norte-Nordeste de Clínica Médica e Medicina de Urgência e Emergência

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

SINDROME DE DRESS INDUZIDA POR ALOPURINOL COM ACOMETIMENTO HEPATORRENAL: RELATO DE CASO

Fundamentação/Introdução

A reação cutânea medicamentosa associado à eosinofilia e sintomas sistêmicos (DRESS) é induzida por hipersensibilidade adversa idiossincrática a determinadas drogas, levando deterioração clínica possivelmente fatal.

Objetivos

Relatar um caso de erupção cutânea, mediado por Alopurinol, associada a anormalidades hematológicas e envolvimento sistêmico transitório, os quais preenchem, adequadamente, os critérios diagnósticos para DRESS.

Delineamento e Métodos

Descrição do caso: Paciente feminina, 48 anos, branca, casada, autônoma, foi admitida em hospital devido à história de febre, associado a mal estar, mialgia e artralgia. Evoluiu, em 5 dias, para rash cutâneo generalizado e prurido. Tendo o quadro surgido, após 3 semanas do início do tratamento para hiperuricemia com Alopurinol. Ao exame físico da admissão apresentava exantema morbiliforme em tronco, dorso e membros, edema facial, linfonodomegalia cervical bilateral e enantema em mucosa oral. Sem outras alterações no exame físico dos demais aparelhos sistêmicos. Os exames laboratoriais revelaram alteração da função hepática e renal. Leucocitose com eosinofilia intensa (3.812 mm³), sem linfocitose, eletrólitos sem alteração, culturas negativas e sorologias virais negativas. No decorrer da internação progrediu com piora clínica, apresentou disfagia, pirose, parageusia, eritrodermia e insuficiência renal aguda. Diante dos achados clínicos e laboratoriais, foi possível identificar a presença dos 3 critérios diagnósticos definidores de DRESS (erupção cutânea relacionada à droga, eosinofilia e acometimento sistêmico), permitindo, assim, suspender o Alopurinol e iniciar rapidamente o tratamento com corticosteróide sistêmico, associado a anti-histamínico e inibidor de bomba de prótons. Gradativamente ocorreu melhora clínica, com remissão das lesões cutâneas, retorno a normalidade hematológica, hepática e renal sem necessidade de hemodiálise.

Resultados

DE ACORDO COM O REGULAMENTO DE TRABALHOS CIENTÍFICOS, SE TRATANDO DE TRABALHO NA MODALIDADE DE RELATO DE CASO, NAS SEÇÕES DE MÉTODOS E DE RESULTADOS, DEVE-SE APRESENTAR A DESCRIÇÃO DO CASO.

Conclusões/Considerações finais

A síndrome DRESS induzida pelo Alopurinol levou a uma reação sistêmica tardia, rara e grave. Exigindo um tratamento imediato, que consiste na suspensão do medicamento desencadeante e priorizando a administração sistêmica de corticóides.

Palavras-chave

Exantema; Alopurinol; hepatorrenal; DRESS.

Área

Clínica Médica Geral

Instituições

Irmandade da Santa Casa de Caridade de Alegrete - Rio Grande do Sul - Brasil

Autores

INGRID EVELLEN FRANCO LIMA, JOSÉ FÁBIO DA SILVA PEREIRA, DION LENON FIORAVANTE ALMEIDA, CAROLINE DE LIMA KIEFER, CARLOS JESUS PEREIRA THOMPSON FLORES