Congresso Norte-Nordeste de Clínica Médica e Medicina de Urgência e Emergência

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

O PAPEL DO LUDICO NO PRE-OPERATORIO.

Fundamentação/Introdução

O trauma cirúrgico na infância pode ser visto como uma experiência desagradável para os infantes. Retirar a criança da normalidade de seu dia-a-dia causa graves alterações, podendo aflorar sensações de angústia e medo. É necessário que a atenção hospitalar pré-operatória seja diferenciada, levando em consideração cada característica do processo de ser criança. O lúdico, nesses momentos de estresse extremo, precisa estar presente uma vez que é a maneira com que a criança encontra de interagir com o mundo e demonstrar sua percepção sobre ele. O ato lúdico dentro do hospital é uma tentativa de mudança do ambiente hospitalar, facilitando e melhorando a experiência e os cuidados pré-operatório e reduzindo a chance desse evento ser ainda mais traumático.

Objetivos

Verificar a relevância de atividades lúdicas durante a internação de crianças em cuidados pré-operatórios.

Delineamento e Métodos

Realizou-se uma busca sistematizada por meio do levantamento bibliográfico dos anos de 2005 à 2020. Utilizaram-se os seguintes descritores e suas associações utilizando o operador boleano AND: “atividades lúdica”, “crianças em pré-operatório”, “cuidados pré-operatórios”. Os critérios de inclusão foram: artigos que retratassem a temática publicados e indexados na Scientific Electronic Library Online (Scielo), na Literatura Latino-Americana em Ciências da Saúde (LILACS) e na Medical Literature Analysis and Retrieval Sistem on-line (Medline).

Resultados

As atividades lúdicas desenvolvem momentos de alívio e conforto, reduzindo a tensão de estar dentro de um hospital, facilitando a realização de procedimentos e melhorando a relação do profissional da saúde com o infante. Isso resulta em menos estresse e melhores experiências pré-operatórias.

Conclusões/Considerações finais

Se faz necessário a inserção de atividades lúdicas em crianças no pré-operatório, o que traz benefícios na redução do estresse do paciente, na melhora das condições pré-operatórias e na criação de uma relação mais profunda entre o profissional de saúde e o infante. É necessário que essa iniciativa seja incentivada e disseminada.

Palavras-chave

Lúdico; pré-operatório; estresse;

Área

Psiquiatria

Instituições

Universidade federal de pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil

Autores

GUILHERME CECHINATO ZANOTTO