Congresso Norte-Nordeste de Clínica Médica e Medicina de Urgência e Emergência

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

O risco da automedicação em idosos: um relato de experiência

Fundamentação/Introdução

INTRODUÇÃO: A automedicação é definida como o ato de praticar a ingestão de substâncias de ação medicamentosa sem o consentimento e/ou supervisão de um profissional qualificado (CASTRO et al., 2006). No Brasil, segundo a Associação Brasileira das Indústrias Farmacêuticas (Abifarma), todo ano, cerca de 20 mil pessoas morrem vítimas da automedicação. A maior atenção desta problemática está para as pessoas idosas que praticam automedicação, pois com o aumento dessa população novos desafios surgem aos serviços e profissionais de saúde.

Objetivos

OBJETIVO: apresentar, a partir da literatura pertinente os prejuízos ocasionados pela prática da automedicação em idosos.

Delineamento e Métodos

RELATO DE EXPERIÊNCIA: trata-se de um estudo qualitativo na modalidade relato de experiência produzido por discentes de medicina do projeto de extensão “Envelhecimento Saudável” de uma Instituição de Ensino Superior da Paraíba. Os integrantes são 90 idosos cadastrados que semanalmente participam de atividades na faculdade. O trabalho foi desenvolvido por acadêmicos de diversos cursos da área de saúde, que se dividiram e por três semanas abordaram assuntos específicos. As ações realizadas foram estruturadas por meio da percepção das necessidades e limitações e foram divididos em três grupos onde cada grupo abordou uma temática especifica voltada ao incentivo e adoção de medidas de autocuidado em relação à saúde do idoso. As atividades desenvolvidas englobavam a temática da automedicação, já nas atividades recreativas realizou o “Jogo de dados” e uma peça para ilustrar os efeitos negativos da automedicação. As atividades recreativas aumentam a compreensão do assunto proposto, quando adequadamente escolhidas e conduzidas, pois torna a reunião um momento prazeroso e divertido onde os participantes compartilham suas experiências pessoais.

Resultados

RESULTADOS: observou-se a maciça adesão do grupo de idosos à ação, resultando em diversos relatos de hábitos incorporados ao estilo de vida relativos ao tema proposto, os quais influenciam de forma significativa a saúde e o bem-estar. Embora se saiba que os idosos participantes do grupo vêm de diferentes contextos, a adesão de todos às propostas apresentadas foi maciça e os participantes, mesmo com algumas limitações de acordo com o histórico de vida e saúde de cada um demonstraram muito entusiasmo.

Conclusões/Considerações finais

CONCLUSÃO: observou-se a importância de dialogar acerca da temática, além de ser a contrapartida dos estudantes para a sociedade, fortalecendo assim a integração ensino-comunidade.

Palavras-chave

Área

Geriatria

Instituições

famene - Paraíba - Brasil

Autores

FLAVIANA RIBEIRO COUTINHO DE MENDONCA FURTADO, Beatriz Ribeiro Coutinho de Mendonça Furtado, Gabriela Trigueiro Lopes Ramalho, Juliana De Ávila Lins Cunha Lima, Maria Eduarda Serafim Crispim