Congresso Norte-Nordeste de Clínica Médica e Medicina de Urgência e Emergência

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

Tabagismo Contemporâneo:  A utilização de vaporizadores e a mudança do comportamento dos fumantes

Fundamentação/Introdução

Como forma de substituição ao cigarro normal, a utilização dos cigarros eletrônicos, notadamente pelos jovens, aumentou exponencialmente nos últimos anos (Kim et al. 2016). Os efeitos causados pelos componentes inalados pela vaporização dos líquidos ainda não estão completamente esclarecidos.

Objetivos

Revisar a bibliografia analisando a relação entre o uso dos vaporizadores e a percepção que os usuários têm a respeito dos perigos à saúde.

Delineamento e Métodos

Este estudo foi realizado mediante revisão bibliográfica exploratória, de caráter descritivo e qualitativo. Utilizando-se dos descritores: AND AND  e dos filtros: free full text e 5 years foram encontrados  artigos publicados entre 2014 e 2019, na base de dados PubMed.

Resultados

Kim et al. (2016) descreveram que a maior parte dos usuários de cigarros eletrônicos faz uso do dispositivo aos finais de semana e no interior de suas casas. Os fumantes destes dispositivos têm a percepção de que estes são mais saudáveis do que os cigarros normais, e que se sentem com mais saúde e disposição para as atividades diárias. Omaima et al. (2016) traz ainda que entre os que conhecem os cigarros eletrônicos, 41,6 % acreditavam que os cigarros eletrônicos ajudam a deixar de fumar e 31,9 % acreditavam que são menos nocivos que os cigarros tradicionais.
Segundo Volesky et al. (2016), os efeitos colaterais mais comuns observados em pesquisa realizada em Ottawa foram dor ou ressecamento de boca ou garganta e tosse. Tais resultados são reportados pela literatura e podem ser explicados pela composição do líquido usado nos cigarros eletrônicos, tais como propilenoglicol e glicerina.

Conclusões/Considerações finais

A maioria dos fumantes de cigarros eletrônicos é composta por pessoas que fazem uso destes dispositivos devido, principalmente, pela percepção favorável ao uso de tais instrumentos. Paradoxalmente as consequências do aumento da sensibilização generalizada acerca dos cigarros eletrônicos entre a população jovem e a percepção de que esses dispositivos são menos danosos à saúde, pode promover um comportamento de incentivar a prática por outras pessoas. O uso recente destes dispositivos e a sua grande disseminação mundial, principalmente entre indivíduos mais jovens, são fatores que contribuem para o número incipiente de dados e resultados que existem acerca dos prejuízos advindos do uso dos cigarros eletrônicos.  

Área

Pneumologia

Instituições

Faculdade de Ciências Médicas da Paraíba - Paraíba - Brasil

Autores

RAPHAEL CAMPELO DE SOUZA, Maria Enedina Claudino De Aquino Scuarcialupi, Hugo César Leite Silva, Rodolfo Barbosa De Freitas, Arnaldo Alves De Azevedo Neto, Mattheus De Luna Seixas Soares Lavor