Congresso Norte-Nordeste de Clínica Médica e Medicina de Urgência e Emergência

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

FLUTTER ATRIAL COMO APRESENTAÇÃO CLÍNICA INICIAL EM MULHER COM HIPERTIREOIDISMO

Fundamentação/Introdução

Flutter atrial é uma taquiarritmia supraventricular gerada por distúrbios eletrofisiológicos no átrio, comumente associado com doenças cardíacas, pulmonares, endócrinas e fatores biológicos, como idade avançada e sexo masculino. No eletrocardiograma, flutter atrial é caracterizado tipicamente por serrilhado constante da linha de base tipo “dente de serrote”, sem intervalo isoelétrico. Os episódios agudos são, em geral, transitórios e normalmente revertem para fibrilação atrial ou ritmo sinusal. Hipertireoidismo é uma síndrome em que os tecidos biológicos são expostos a quantidades excessivas de hormônios tireoideanos circulantes, fazendo com que a taxa de metabolismo basal seja aumentada, inclusive nas células cardíacas, onde pode afetar a homeostase energética e levar à um estado hipermetabólico. Em cerca de 30 dias após o diagnóstico de hipertireoidismo, 8,3% dos pacientes apresentaram flutter ou fibrilação atrial.

Objetivos

Relatar caso de uma paciente com flutter atrial secundário a um hipertireoidismo prévio.

Delineamento e Métodos

Trata-se de um relato de caso. Na avaliação, há sinais de hipertireoidismo e flutter atrial, sendo utilizada entrevista com paciente, revisão de prontuários, registro fotográfico dos métodos diagnósticos e revisão de literatura, investigando a existência de associação entre essas comorbidades.

Resultados

 Durante assistência de uma paciente, 47 anos, ex-tabagista, hipertensa e etilista social, admitida no ambulatório de Clínica Médica do Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira (IMIP) com queixa de palpitações taquicárdicas, observou-se também outros sinais e sintomas de hipertireoidismo, como bócio, exoftalmia e edema de membros inferiores. Após realização de exame eletrocardiográfico, foram visualizados padrões compatíveis com flutter atrial.

Conclusões/Considerações finais

A análise do caso relatado e as publicações levantadas trouxeram à luz a discussão da provável associação entre hipertireoidismo e flutter atrial na paciente. 

Palavras-chave

Flutter atrial; Hipertireoidismo; Associação; Evolução clínica.

Área

Cardiologia

Instituições

Faculdade Pernambucana de Saúde - Pernambuco - Brasil, Hospital Santa Casa de Misericórdia do Recife - Pernambuco - Brasil, Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira (IMIP) - Pernambuco - Brasil

Autores

MARIA GIOVANNA TORRES LIRA, Geraldo Padilha Tenório Neto, Guilherme Camelo Sousa Cavalcanti, Vivian Santiago Ferreira, Hugo Otávio Delleon de Moura Gomes, Evandro Cabral de Brito