Congresso Norte-Nordeste de Clínica Médica e Medicina de Urgência e Emergência

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

FRATURA DE FÊMUR EM IDOSOS HOSPITALIZADOS EM UM HOSPITAL FILANTRÓPICO DE RECIFE: PERFIL SOCIODEMOGRÁFICO

Fundamentação/Introdução

O envelhecimento populacional, indubitavelmente, é uma realidade mundial. No Brasil, a população idosa prevista para esse ano de 2020 é de 30 milhões de pessoas, esse número representa cerca de 13% dos habitantes do país. (NETO et al., 2017; MADEIRAS et al., 2019; DANIACHI et al.; 2015; CASAGRANDA et al. 2016). Diante dessa mudança no perfil populacional brasileiro, a fratura de fêmur é uma das condições mais prevalentes no atendimento da Clínica, da Geriatria e da Ortopedia. Dessa forma, é necessário traçar o perfil sociodemográfico desses pacientes a fim de contribuir com estratégias de prevenção desse agravo, favorecendo o indivíduo e a sociedade.

Objetivos

Definir e avaliar o perfil sociodemográfico e os fatores de risco dos pacientes idosos hospitalizados com fratura de fêmur no Hospital Santo Amaro da Santa Casa de Misericórdia do Recife.

Delineamento e Métodos

Trata-se de um estudo de corte transversal, descritivo, com abordagem quantitativa. A coleta de dados foi realizada nos meses de outubro de 2019 a janeiro de 2020 por meio da aplicação de um formulário estruturado aos pacientes e/ou seus responsáveis. Os dados foram tabulados e analisados no programa Microsoft Excel 2010. O estudo atendeu às determinações da Resolução 466/12 do Conselho Nacional de Saúde, sendo iniciado somente após a aprovação do projeto pelo Comitê de Ética em Pesquisa.

Resultados

De acordo com o perfil sociodemográfico dos participantes do estudo, a maioria tinha idade maior ou igual a oitenta anos (53,4%), era mulher (71,1%), da raça branca (51,1%) e possuía renda familiar de 1 a 4 salários mínimos (91,1%), além de não praticar atividade física antes da fratura (82,2%).

Conclusões/Considerações finais

De forma geral, os pacientes do presente estudo apresentaram um perfil semelhante àquele encontrado na literatura. Faz-se necessário o estabelecimento de ações em educação, para prevenção e promoção da saúde na senilidade, com o objetivo de identificar precocemente os fatores de risco e diminuir a probabilidade de quedas e lesões.

Palavras-chave

Fratura de fêmur. Saúde do idoso. Idoso

Área

Geriatria

Instituições

Hospital Santo Amaro da Santa Casa de Misericórdia do Recife - Pernambuco - Brasil, Universidade Católica de Pernambuco - Pernambuco - Brasil

Autores

CARLOS ALBERTO TENORIO DE ARAUJO III, ANA CLARA SILVA DE ANDRADE, DÉBORA CAVALCANTE BELFORT, ESTEPHANI SOUZA MENDONÇA, ALEXANDRE BEZERRA GALINDO, EDUARDO NEVES CÔRTE REAL DE ANDRADE