Congresso Norte-Nordeste de Clínica Médica e Medicina de Urgência e Emergência

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

CÂNCER DE CÉLULAS GERMINATIVAS COM METÁSTASE PULMONAR: UM RELATO DE CASO

Fundamentação/Introdução

O câncer de testículo é a neoplasia maligna mais comum em homens entre 15 e 35 anos. Os tumores primários do testículo são divididos em germinativos e não germinativos, sendo os primeiros relacionados a uma maior incidência e elevação dos níveis de alfa-fetoproteína (Ⲁ-FP) e beta-gonadotrofina coriônica humana (ß-HCG). Configura-se como uma manifestação rara, com marcadores incomuns e elevado risco de complicações.

Objetivos

O presente relato tem como objetivo informar o diagnóstico e apresentação clínica de um caso de câncer de células germinativas em adulto com clínica de dor abdominal.

Delineamento e Métodos

A.A.C, 19 anos, masculino, refere dor abdominal há 2 meses, diária, moderada intensidade, em flanco esquerdo. Há 2 semanas, evoluiu com piora da dor, tornando-se de alta intensidade. No mesmo período, refere febre, preferencialmente noturna, aferida em 38°C. Perda ponderal de 7kg associado a hiporexia em 2 meses. Ao exame físico apresentava abdome doloroso à palpação profunda em flanco esquerdo, massa palpável em ambas as bordas do músculo reto abdominal. Presença de massa em testículo direito, 6 cm, móvel, consistência endurecida.

Resultados

Solicitado marcadores tumorais Ⲁ-FP 70,8 mg/ml e ß-HCG 10.000mUI/ml. Foi submetido a biópsia de linfonodo com diagnóstico de carcinoma de padrão papilífero metastático do linfonodo. A Tomografia computadorizada (TC) de abdome e pelve evidenciou volumosa massa heterogênea sólido cística retroperitoneal mal definida, em região do mesogástrio, associada ao aumento número de linfonodos locorregionais. A TC de tórax mostrou linfonodomegalias mediastinais, múltiplas imagens nodulares sólidas, com halo de atenuação em vidro fosco, aspecto de massa. Paciente evoluiu hemodinamicamente estável, com manutenção do quadro supracitado sendo encaminhado para tratamento quimioterápico com 5 sessões de paclitaxel, ifosfamida, cisplatina direcionado para câncer de testículo.

Conclusões/Considerações finais

Dentre o Tumor de Células Germinativas, 5% desses apresentam acometimento gastrointestinal, especialmente os não-seminomatosos. Dessa forma, faz-se necessário o diagnóstico diferencial em homens jovens, brancos, com quadro de abdome agudo sendo excluídas as principais causas. Por isso, torna-se essencial um exame clínico minucioso. Sendo identificadas alterações, o tratamento pode ser instituído mais rapidamente. Inclusive se apresentar doença metastática, visto que são tumores que tendem a responder aos tratamentos convencionais aplicados.

Palavras-chave

Área

Oncologia

Instituições

Hospital Central Coronel Pedro Germano - Rio Grande do Norte - Brasil, Universidade Potiguar - Rio Grande do Norte - Brasil

Autores

Gabriela Dias Cavalcanti, Lucas Pereira Leite, Antônio Fernando Coelho Junior, VITAL AVELINO MAIA NETO, José Armando da Silva Filho, Monique Calistrato Almeida